Senhor dos Passos da Graça
Real Irmandade da Santa Cruz e Passos da Graça
05
Abr 10

Na impossibilidade de organizarmos a lista completa dos Provedores da desta Real Irmandade - impossibilidade que resulta da não existência de livros ou documentos de algumas épocas - damos uma relação de todos aqueles cujos nomes conseguimos apurar:

 

1588 - 1589 - D. Miguel de Castro, Arcebispo de Lisboa

1589 - 1620 - sem informação

1620 - 1621 - Luís das Póvoas

1621 - 1622 - D. Luís Coutinho, Alcaide-mor do Almourol

1622 - 1624 - Gaspar Cota Falcão, Fidalgo da Casa Real e Escrivão da matrícula dos moradores dela

1624 - 1625 - Duarte de Albuquerque Coelho, Senhor de Pernambuco

1625 - 1626 - Francisco de Vasconcelos, posteriormente 1.º Conde de Figueiró

1626 - 1627 - Gaspar Cota Falcão

1627 - 1629 - D. João Mascarenhas, posteriormente 3.º Conde de Santa Cruz

1629 - 1630 - Manuel da Cunha

1630 - 1631 - D. Luís de Ataíde, 5.º Conde de Atouguia

1631 - 1632 - António de Mendonça

1632 - 1633 - Gaspar Cota Falcão

1633 - 1634 - D. Carlos de Noronha, um dos Fidalgos da Restauração Portuguesa em 1640

1635 - 1637 - D. Pedro de Meneses, 2.º Conde de Cantanhede (Na sua ausência serviu D. Carlos de Noronha. Eleito novamente, escusou-se.)

1637 - 1638 - D. Tomás de Noronha, um dos Fidalgos da Restauração Portuguesa em 1640

1638 - 1640 - sem informação

1640 - 1641 - Rui de Moura Teles

1641 - 1642 - D. Carlos de Noronha (Não aceitou por estar ocupado em 4 Irmandades, ficando em seu lugar o 2.º Conde de Val de Reis e, na ausência deste, Rui de Moura Teles)

1642 - 1643 - D. João Mascarenhas

1643 - 1644 - D. Francisco de Sousa Coutinho, 6.º Conde do Redondo

1644 - 1645 - Henrique de Sousa Tavares, 3.º Conde de Miranda e, posteriormente, 1.º Marquês de Arronches

1645 - 1646 - Luís César de Meneses, Alcaide-mor de Alenquer e, posteiormente, Alferes-mor do Reino

1646 - 1647 - D. Henrique da Silva, 6.º Conde de Portalegre e, posteriormente, 1.º Marquês de Gouveia

1647 - 1648 - D. João Gonçalves da Câmara, Conde Capitão General

1648 - 1649 - D. Tomás de Noronha, posteriormente 3.º Conde de Arcos

1649 - 1650 - D. João da Silva Telo de Meneses, 1.º Conde de Aveiras, Regedor da Justiça e vice-Rei da India

1650 - 1651 - D. Vasco Luis da Gama, 1.º Marquês de Nisa

1651 - 1652 - D. António de Alcáçova, um dos Fidalgos da Restauração Portuguesa em 1640

1652 - 1653 - sem informação

1653 - 1654 - D. Luís de Portugal, 6.º Conde do Vimioso

1654 - 1655 - D. João Forjaz Pereira Pimentel, 7.º Conde da Feira

1655 - 1656 - Fernão Teles de Meneses, 1.º Conde de Vilar Maior e um dos Fidalgos da Restauração Portuguesa em 1640 (filho de D. Mariana de Lencastre)

1656 - 1657 - sem informação

1657 - 1658 - D. António de Mendonça, posteriormente Arcebispo de Lisboa

1658 - 1659 - sem informação

1659 - 1660 - D. Luís Coutinho

1660 - 1661 - Simão de Miranda Henriques

1661 - 1662 - D. José Luís de Lencastre, 3.º Conde de Figueiró

1662 - 1663 - Rui Freire de Andrade

1663 - 1664 - Luís Freire de Andrade, 9.º Senhor de Bobadela e do Conselho do Rei D. Pedro II

1664 - 1665 - Manuel Teles da Silva, 2.º Conde de Vilar Maior e, posteriormente, Marquês de Alegrete

1665 - 1666 - D. Martinho de Mascarenhas, 4.º Conde de Santa cruz

1666 - 1667 - sem informação

1667 - 1668 - D. Diogo de Lima e Brito, 8.º Visconde de Vila Nova de Cerveira

1668 - 1673 - António Cavide

1673 - 1675 - Diogo de Mendonça Furtado

1675 - 1676 - Garcia de Melo, Monteiro-mor

1676 - 1677 - D. Diogo de Lima e Brito

1677 - 1678 - sem informação

1678 - 1679 - sem informação

1679 - 1682 - D. Marcos de Noronha

1682 - 1686 - D. Lourenço de Mendonça de Moura e Sousa, 3.º Conde de Val de Reis

1686 - 1687 - António Luís Coutinho, Governdor e Capitão General de Pernambuco e da Baía, Almotacel-mor do Reino e vice-Rei da India

1687 - 1689 - D- Pedro António de Meneses, 2º Marquês de Marialva

1690 - 1697 - sem informação

1697 - 1698 - D. José Henriques

1698 - 1699 - sem informação

1699 - 1700 - D. Jorge Henriques. 7.º Senhor dos Alcáçovas

1700 - 1701 - D. Tomás de Lima e Vasconcelos, 12.º Visconde de Vila Nova da Cerveira

1701 - 1702 - Gastão José da Câmara

1702 - 1704 - D. Tomás de Almeida

1704 - 1705 - Alvaro José Botelho de Távora, 2.º Conde de S. Miguel

1705 - 1707 - D. Martinho Mascarenhas, 6.º Conde de Santa Cruz

1707 - 1708 - D. Felipe Mascarenhas, 3.º Conde de Coculim

1708 - 1709 - D. Fr. António botado, Bispo de Hipónia

1709 - 1710 - Nuno Manuel de Mendonça, 4.º Conde de Val de Reis

1710 - 1712 - D. António Luís de Sousa, 2.º Marquês das Minas

1712 - 1714 - D. Felipe Mascarenhas, 2.º Conde de Coculim

1714 - 1715 - Manuel Teles da Silva, 4.º Conde de Vilar Maior e, posteriormente, 3.º Marquês de Alegrete

1715 - 1716 - D. Jaime de Melo, 3.º Duque do Cadaval

1716 - 1717 - D. Francisco Paulo de Portugal, 2.º Marquês de Valença

1717 - 1718 - Pedro Mascarenhas

1718 - 1720 - D. Luís de Almeida Portugal, 3.º Conde de Avintes

1720 - 1721 - D. Jaime de Melo

1721 - 1722 - D. Tomás da Silva Teles, 13.º Visconde de Vila Nova da Cerveira

1723 - 1727 - D. Nuno Alvares Pereira de Melo, 1.º Duque do Cadaval

1727 - 1729 - D. Jaime de Melo

1729 - 1730 - D. Diogo de Noronha, 3.º Marquês de Marialva

1730 - 1731 - Aleixo de Sousa da Silva, 2.º Conde de Santiago, Conde Aposentador-mor

1731 - 1733 - D. Felipe de Mascarenhas, 2.º Conde de Coculim

1733 - 1734 - D. Pedro da Silva Valente Castelo Branco Barreto e Meneses, 5.º Conde de Vila Nova de Portimão

1734 - 1735 - D. Pedro Henrique de Bragança, 1.º Duque de Lafões

1735 - 1736 - D. Manuel José de Castro, 3.º Marquês de Cascais

1736 - 1737 - D. Luis José Tomás de Castro Noronha Ataíde e Sousa, 10.º Conde de Monsanto e, posteriormente, Marquês de Cascais

1737 - 1738 - D. Jerónimo de Ataíde, 11.º Conde de Atouguia

1738 - 1739 - Duque Estribeiro Mor

1739 - 1740 - 5.º Conde de Vila Nova de Portimão

1740 - 1741 - Fernão da Silva Teles, 4.º Marquês de Alegrete

1741 - 1742 - Fernão Teles da Silva, Monteiro Mor do Reino

1742 - 1743 - D. Estêvão de Meneses, 5.º Conde de Tarouca e, posteriormente, 1.º Marquês de Penalva

1743 - 1744 - D. João Carlos de Bragança, 2.º Duque de Lafões (fundador da Academia R. das Ciências de Lisboa)

1744 - 1745 - D. Pedro Henrique de Bragança, 1.º Duque de Lafões

1745 - 1746 - D. Francisco Mascarenhas, 3.º Conde de Coculim

1746 - 1748 - D. Francisco Xavier Rafael de Meneses, 6.º Conde da Ericeira e 2.º Marquês do Louriçal

1748 - 1749 - Lourenço Felipe de Mendonça e Moura, 5.º Conde de Val de Reis

1749 - 1750 - D. Rodrigo António de Noronha e Meneses

1750 - 1751 - D. Pedro Henrique de Bragança, 1.º Duque de Lafões

1751 - 1752 - D. João das Costa Carvalho Patalim, 5.º Conde de Soure

1752 - 1753 - D. Luís da Câmara Coutinho

1753 - 1754 - D. Duarte António da Câmara, 5.º Conde de Aveiras

1754 - 1755 - D. João de Bragança

1755 - 1756 - D. Jerónimo de Ataíde, 11.º Conde de Atouguia

1756 - 1757 - Manuel Teles da Silva, 6.º Conde de Vilar Maior

1757 - 1758 - D. Pedro Henrique de Bragança, 1.º Duque de Lafões

1758 - 1759 - D. Luís da Câmara Coutinho

1759 - 1760 - 2.º Marquês do Louriçal

1760 - 1761 - Luís de Saldanha da Câmara, 4.º Conde da Ponte

 

(a completar na próxima actualização)

publicado por senhorpassosgraca às 16:40
Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
subscrever feeds
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Parabéns.
Muitos parabéns pelo excelente trabalho.Bem hajam.
Procissão do Senhor dos Passos da Graça 2008http:/...
Quero dar os parabéns á Mesa Excelenttissima pelo ...
Parabéns por todo este trabalho e importante recol...
Muito interessante! Mais ainda a sua nobre acção e...
blogs SAPO